Uma das melhores partes na hora de decorar uma casa é certamente a escolha dos móveis. Eles são quase as peças-chave de qualquer projeto, pois todos os demais objetos que serão utilizados devem levar em consideração o estilo dos móveis e por isso a escolha dessas peças deve ser feita com muita cautela. A grande variedade de móveis disponíveis no mercado pode, em alguns casos, tornar a tarefa da escolha um pouco mais complicada, pois em meio a quase um infinito de possibilidades, escolher a que melhor se adapta ao ambiente requer muito cuidado e bom senso, pois pode ser difícil voltar atrás caso haja algum erro.

Pensando nisso, hoje separamos algumas dicas fundamentais sobre como escolher os móveis para sua decoração. Vamos conferir?

  1. Tire as medidas de todos os cômodos

Uma das maneiras mais práticas e que evita a maior parte dos erros é ter em mãos as medidas exatas do ambiente antes de ir às compras. Isso ajuda na hora da compra, pois assim você evita alguns erros como comprar um sofá que não cabe na sua casa ou uma cama pequena demais. Lembre-se sempre de tirar as medidas dos móveis e verifique se não ocuparão muito espaço ou atrapalharão as áreas de circulação do cômodo. Uma boa maneira de fazer isso é utilizando jornais recortados no tamanho exato do móvel. Você pode colocá-los no chão para ter uma referência do espaço que ocuparão e se essa é a melhor escolha.

  1. Planeje

É quase impossível falar em decoração sem pensar em planejamento. É importante que você visualize sempre o resultado final, o que deseja obter naquele ambiente antes de comprar os móveis. Escolha um estilo para sua decoração como clássica, moderna, minimalista, provençal e outros, em seguida, faça muitas pesquisas e procure por objetos que tenham o mesmo estilo da decoração escolhida. Misturar estilos, em alguns casos, pode ser até uma alternativa interessante – por criar um visual “pós-moderno” – mas na maioria das vezes acaba deixando o ambiente sem uma identidade visual bem definida, uma verdadeira bagunça.

 

  1. Tamanho x necessidade

Avalie sempre a necessidade de um móvel de tamanho maior ou menor. Por exemplo: se você possui uma sala grande e quer comprar um módulo de sofás com vários lugares, muitas poltronas, pufes e tudo mais, porém na sua casa moram poucas pessoas, certamente sua sala ficará com um aspecto de “sala de espera”, com vários lugares e pouca gente para ocupá-los. Nesses casos, invista sempre em móveis de tamanhos adequados a necessidade dos moradores. Caso você receba visitas e precise de mais lugares, uma boa dica é improvisar!

 

Viu só? Escolher os móveis de uma casa pode ser simples, mas é importante que você tenha em mente o resultado final antes de correr para o shopping. Se você tiver dificuldades em se decidir, vale a pena consultar um profissional em design de interiores. Outra dica que não tem erro é apostar em móveis planejados. Apesar de mais caros, eles podem ser feitos sob medida e de acordo com a necessidade de cada ambiente. Ou seja, é um investimento que vale muito a pena.

E você como escolhe os móveis de sua casa? Conte para nós nos comentários.