O desenho é uma das formas de arte mais antigas que de que se tem conhecimento, pois sua história é oriunda ainda da era pré-histórica, quando o homem usava as chamadas pinturas rupestres para se expressar e também para se comunicar, pois era por meio dessas ilustrações que as pessoas contavam sobre novas descobertas e fatos do cotidiano. Ao longo dos séculos e com o avanço das tecnologias o homem foi aprimorando essa técnica que tornou-se precursora, além da escrita, de várias formas de arte como a pintura, a fotografia e até mesmo o cinema.

Dentre os povos antigos que se destacavam na elaboração dos desenhos estão os egípcios, que há muitos séculos já os utilizam na decoração de seus templos e também de suas majestosas tumbas. Além deles, povos da mesopotâmia utilizavam o desenho em representações cartográficas que ajudavam na localização das rotas comerciais. O povo chinês também apresenta uma participação importante nessa história, pois, ao desenvolver o papel, permitiram que as técnicas de desenho, rudimentares até então, fossem se aprimorando.

O desenho enquanto arte possuía uma ligação muito forte com o religioso ao longo da história, mas no Japão a técnica de representar a natureza era bastante forte. Na antiguidade também existiam artistas que se especializavam em desenhar o dia a dia das pessoas. Foi durante a época do Renascimento que o desenho passou a retratar a realidade de uma maneira mais fiel. Além disso, muitos artistas se dedicaram a desenvolver ainda mais as técnicas de desenho, empregando conhecimentos em anatomia humana, proporções, sombras, luzes e cores, tudo para conseguir alcançar um resultado mais realista naquilo que se desenhava.

Na medida em que a humanidade se desenvolvia a técnica do desenho também evoluía, tanto que na época da Revolução Industrial uma nova modalidade de desenho surge: o desenho industrial, voltado para a representação das novas e modernas máquinas e equipamentos da época.

Nas décadas seguintes, com o avanço da globalização e dos meios de comunicação em massa, o desenho passou a se difundir por meio de charges e propagandas. Caricaturas também eram muito populares naquela época, pois eram utilizadas como uma forma de crítica aos sistemas que estavam em conflito.

Da década de 1990 em diante muitas outras técnicas de desenho surgiram e pode-se dizer que hoje em dia está presente em todo o globo, seja na forma de quadrinhos (cartuns), charges, desenhos técnicos, caricaturas, desenhos artísticos, caricaturas, gravuras, animes, mangás, grafite e muitas outras formas. No século XXI também se destacam as formas de arte digital, pois hoje há softwares capazes de substituir os antigos lápis e papel, tornando ainda maiores as possibilidades nas mãos do artista.

E aí, o que você achou do desenho como uma forma de arte? Além de inspiradores, muitos desenhos ficam ótimos quando expostos nas paredes em forma de quadros decorativos. Então, escolha as suas imagens preferidas, mande colocar em uma moldura e siga as diversas dicas que existem aqui no blog Quadros Decorativos a respeito de decoração com quadros. Até o próximo post!

Fonte das imagens: Pinterest