Plantas são uma ótima opção para complementar a decoração de uma casa, ampliando a sensação de conforto e frescor. São muitas as vantagens de se utilizar plantas na decoração, entre elas podemos começar citando a beleza que elas trazem ao ambiente. Outra vantagem é que elas purificam o ar, portanto podem trazer até mesmo benefícios a saúde. Porém não é qualquer tipo de planta que pode sobreviver em meio a “selva de pedra” que se tornou os grandes centros urbanos. Existem espécies que se adaptam muito bem a ambientes fechados, podendo até mesmo sobreviver em locais escuros. Já outras espécies não conseguem se manter caso não fiquem em um lugar onde haja a incidência de luz solar.

Pensando nisso fizemos uma seleção de cinco belas plantas para ambientes internos, que são fáceis de cuidar e se adaptam bem em diversas situações. Confira!

  1. Clorofito – nome científico: Chlorophytum comosum

Essa é uma planta ornamental nativa da África do Sul e que é muito popular em ambientes tropicais. Ela pode permanecer vários dias sem receber luz solar e por isso se tornou uma ótima opção para decoração de ambientes interno e externos. Aqui no Brasil ela também é conhecida por nomes como “gravatinha” ou “paulistinha”.

  1. Comigo-ninguém-pode” – nome científico: Dieffenbachia seguinte

Esta é uma planta muito popular nos lares brasileiros devido a sua beleza e a baixa necessidade de cuidados. Como é resistente, pode permanecer longos períodos em lugares escuros e com baixa umidade do ar sem que suas folhas murchem, portanto são ótimas para decorar ambientes internos, até mesmo em subsolos. Outra característica que chama a atenção nessa planta são suas folhas, que podem misturar vários tons de verde e amarelo, fazendo com que cada planta seja única. Algumas pessoas também as procuram devido a fama de que ela espanta mau-olhado e maus espíritos. Aí vai da fé de cada um.

  1. Lírio-da-paz – nome científico: Spathiphyllum wallisii

Originária da América Central, o lírio-da-paz é uma planta muito utilizada em casas e apartamentos para decoração. As suas flores não possuem perfume, mas desabrocham em uma beleza singular. Ela também pode sobreviver em ambientes de sombra, o que favorece o crescimento de suas flores. Os cuidados são poucos durante o período de seu crescimento, onde as regas podem ser em períodos mais espaçados. Já em sua fase de reprodução (quando nascem as flores) é indicado que as regas sejam mais constantes para manter a beleza de suas folhas.

  1. Samambaia – nome científico: Pleopeltis pleopeltifolia

Com diversas espécies diferentes, a samambaia é uma planta muito utilizada na decoração de ambientes internos e externos. Ela exige poucos cuidados e pode sobreviver nas situações mais adversas, pois são bastante resistentes. O uso mais comum das samambaias é em xaxins, que são pequenos vasos feitos de fibras naturais onde pode-se cultivar plantas ornamentais.

  1. Bromélia – nome científico: Bromeliaceae

Existem mais de 3000 espécies de bromélias catalogadas e fora alguns híbridos dessas plantas que ainda podem ser encontradas na natureza. A bromélia é uma planta muito resistente e que também não requer muitos cuidados. Quando bem cultivadas, nos presenteiam com uma flor única, mas de beleza incomparável. Porém, precisamos ter cuidado, pois algumas espécies podem ser tóxicas, assim é necessário fazer uma pesquisa antes de levar uma delas para nossa casa.

E você? Decora sua casa com alguma planta diferente da nossa lista? Conte para nós nos comentários.